out
13

Curso de Análise Sensorial em Cerveja – Joaçaba

Objetivo

O objetivo deste curso é destacar a importância da correta avaliação da cerveja como meio de melhoria do processo de produção de cervejas, com enfoque no cervejeiro caseiro. Serão abordadas as principais características sensoriais da bebida, a origem de diferentes compostos aromáticos e as formas de controlar o processo para atingir resultados cada vez mais consistentes, independente da escala de produção.

Metodologia

Curso expositivo teórico e atividades práticas de avaliação e degustação de cervejas adulteradas que simulam diferentes falhas do processo de produção de cervejas artesanais.

Carga Horária:

 4 horas

Local:

Espaço  do Alemão  – Rua Luis Specht – 270 – Bairro Cruzeiro – Joaçaba

Data:

21/10/2017

Horário:

13:30hs  às 18:00hs

Valor:

R$ 50,00 para sócios e R$ 100,00 para não-sócios – Para obter o desconto de sócio precisa fazer login na loja.

Para comprar entre na Loja Virtual da ACERVA

IMPORTANTE: OS INGRESSOS COM VALOR PARA ASSOCIADO SÃO PARA USO EXCLUSIVO DOS ASSOCIADOS. NÃO É PERMITIDO QUE SEJA REPASSADO PARA NÃO ASSOCIADOS SEM AS DEVIDAS CORREÇÕES DE VALORES.

Professor:

Marcos Odebrecht Jr.
Cervejeiro caseiro desde 2008 e voluntário da ACervA Catarinense a partir de 2009. Juiz BJCP de cervejas e hidromel com experiência em concursos de cerveja caseira no Brasil e no exterior. Em 2013 obteve o International Diploma in Brewing Technology no World Brewing Academy (Siebel Institute of Technology e Doemens Academy). Participou do CMBTC Malt Academy (Canadian Malting Barley Technical Centre) em 2015.
Possui experiência no ensino superior nas áreas de bebidas fermentadas e engenharia. Atualmente é o responsável pela Maltes Catarinense de Campos Novos, SC.

set
04

Workshop – Água: A última fronteira – Florianópolis

Workshop – Água: A última fronteira

Objetivo:Apresentar os fundamentos teóricos e práticos básicos do ajuste da água na produção de cerveja.

Dinâmica:Inicialmente são apresentados os fundamentos teóricos.  Em seguida é feita uma prática que mostra o uso do PHmetro e o efeito de diferentes tipos de malte na acidificação do mosto.  A segunda parte mostra como calcular o ajuste de água para 5 receitas diferentes de cerveja, passo a passo.

Ementa:

Água: A Última Fronteira

Como o tratamento adequado da água pode melhorar suas cervejas

Teoria e Prática:

  1. Introdução
  2. Entendendo a Água
    • Por que se preocupar com a água ?
    • Principais Íons e suas influências
    • pH, Dureza, Alcalinidade e Alcalinidade Residual
    • Águas Clássicas e Águas da região
    • Onde obter uma análise de água
  3. Química da Mosturação
    • Tipos de Malte e Acidez
    • Acidez do Malte e Alcalinidade – pH da Mosturação
    • Como medir o pH da Mosturação
      • Prática – Como usar o pHmetro
      • Fitas de medição de pH
    • Prática – Observando a queda do pH para diferentes tipos de maltes
    • Estimando o pH da Mosturação – Planilhas de Cálculo
    • pH 5.2 Stabilizer, devo usar ?
  4. Ajustando a Água
    • Objetivos do ajuste da água
    • Sais mais utilizados
    • Ácidos e Malte Acidificado
    • pH da mosturação
    • Perfil Mineral – Relação Sulfato / Cloreto
    • Como medir e quando adicionar os sais e ácidos
  5. Prática
    • Prática 1 – German Pilsner
    • Prática 2 – Belgian Blonde Ale
    • Prática 3 – English Strong Bitter
    • Prática 4 – New England IPA
    • Prática 5 – Imperial Stout
  6. Resumo
  7. Bibliografia

Data:

16 de Setembro de 2017.

Local:

Faculdade SENAC Florianópolis  – Rua Silva Jardim ,360 – Prainha – Florianópolis – SC

Horário:

8:00hs até 13:00hs

Carga Horária:

5 horas

Valor:

R$ 50,00 para sócios e R$ 100,00 para não-sócios – Para obter o desconto de sócio precisa fazer login na loja.

Para comprar entre na Loja Virtual da ACERVA

IMPORTANTE: OS INGRESSOS COM VALOR PARA ASSOCIADO SÃO PARA USO EXCLUSIVO DOS ASSOCIADOS. NÃO É PERMITIDO QUE SEJA REPASSADO PARA NÃO ASSOCIADOS SEM AS DEVIDAS CORREÇÕES DE VALORES.

Professores:

Fábio Koerich Ramos, cervejeiro caseiro desde 2008, Sommelier de Cerveja pela Associação Brasileira de Sommeliers e Juiz BJCP

Ronaldo Dutra Ferreiracervejeiro caseiro desde 2010, Sommelier de cerveja pela Associação Brasileira de Sommeliers, produz de maneira caseira a cerveja Bruxa.

 

set
03

Curso Básico em Bioquímica e Propagação de leveduras cervejeiras – Laguna

Curso básico em Bioquímica e Propagação de leveduras cervejeiras

Os objetivos deste curso são: expor de maneira mais aprofundada aspectos biologia e propagação de leveduras utilizadas para fabricação de cerveja caseira, proporcionar a prática de manipulação de leveduras e levar consigo um repique de levedura.

Parte Teórica

1) Leveduras de cerveja

– Introdução

– Tipos de Leveduras e bactérias utilizadas para fazer cervejas

– Diferenciação entre leveduras Saccharomyces

2) Bioquímica da fermentação

– Assimilação de nutrientes

– Formação de compostos de sabor

3) Métodos de inoculação de leveduras (Yeast Pitching Rate)

– Cálculos de inoculo inicial

– Efeitos da quantidade de inoculo

4) Manipulação de Leveduras

– Propagação leveduras (fases do crescimento)

– Reuso de leveduras

– Utilização de leveduras líquidas

Data:

16 de Setembro de 2017.

Local:

Travessa Nova Veneza, 86 – salão de festas – Ed. Portinari – Laguna

Horário:

Das 9:00hs às 13:00hs e das 14:00hs às 17:00hs

Carga Horária:

7 horas

Valor:

R$ 50,00 para sócios e R$ 100,00 para não-sócios – Para obter o desconto de sócio precisa fazer login na loja.

Para comprar entre na Loja Virtual da ACERVA

IMPORTANTE: OS INGRESSOS COM VALOR PARA ASSOCIADO SÃO PARA USO EXCLUSIVO DOS ASSOCIADOS. NÃO É PERMITIDO QUE SEJA REPASSADO PARA NÃO ASSOCIADOS SEM AS DEVIDAS CORREÇÕES DE VALORES.

Professora:

Gabriela Müller

Graduada em Farmácia pela Universidade de Caxias do Sul. Mestrado em Biotecnologia pela Universidade Federal do Amazonas. Doutorado em Bioquímica e Pós-doutorado em Biotecnologia e Biociências pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora da Escola Superior de Cerveja e Malte/SC nos cursos de Pós-graduação em Tecnologia Cervejeira e Mestre Cervejeiro nas disciplinas de microbiologia e bioquímica aplicadas a cerveja, fermentos, análises laboratoriais e controle de qualidade microbiológico. Possui experiência nas áreas de fermentação alcóolica, genética de leveduras e microbiologia aplicada a produção de cervejas.  Produz cerveja em casa desde 2011. É diretora técnico-científica da ACervA Catarinense. Proprietária da empresa de fermentos líquidos e kits para controle de qualidade Levteck Tecnologia Viva em Florianópolis/SC.

set
01

Curso Análise Sensorial Avançado – Blumenau

Curso Análise Sensorial Avançado – Blumenau

Objetivo do curso

O objetivo do curso é que o participante aprenda a reconhecer determinados aromas na cerveja, identificando sua origem e a causa dos defeitos eventualmente encontrados em suas produções. Além disso, propiciar ao participante um embasamento teórico de como melhorar a qualidade de suas cervejas.

O que é análise sensorial?

Análise sensorial é definida como “ciência usada para evocar (provocar), medir, analisar e interpretar reações às características dos alimentos e materiais como são percebidas pelos sentidos: visão, olfato, gosto, tato e audição”. A análise, ou avaliação sensorial, é praticada diariamente, a cada vez que apreciamos algum alimento ou bebida, ou mesmo quando os estamos preparando. Quando executada de maneira criteriosa e sistematizada, é um mecanismo valiosíssimo para verificar a qualidade do alimento ou bebida avaliado, buscando interpretar suas características positivas e seus defeitos.

Programação

DIA 1 – 22/09/2017 (Sexta-Feira)

18:30 – Recepção e credenciamento

19:00 Início do Dia 1

22:00 Término do Dia 1

DIA 2 – 23/09/2017 (Sábado)

09:00 Início do Dia 2

13:00 Término do Dia 2

As Amostras

Durante o curso todos os participantes avaliarão amostras de cervejas e outros alimentos, de forma a desenvolver habilidades práticas na identificação de aromas e sabores.

Serão avaliadas as seguintes características:

01-Acetaldeído

02-Acetato de etila

03-Acetato de isoamila

04-Acético

05-Alcalino

06-Azedo

07-Butírico

08-Clorofenol

09-DMS

10-Diacetil-1 (Butanodiona)

11-Diacetil-2 (Pentanodiona)

12-Fenólico

13-Gramíneo

14-Hexanoato de etila

15-Isovalérico

16-Mercaptano

17-Metálico

18-Papelão

19-Sulfítico

20-Tanino

21-Vanila

Data/Horário:

22/09/2017(Sexta-Feira) das 19h00 às 22h00 e 23/09/2017(Sábado) das 09h00 às 13h00.

Local do Curso: Faculdade Senac Blumenau – Av. Brasil, nº610 – Ponta Aguda, Blumenau – SC

Valor: R$ 50,00 para sócios e R$ 100,00 para não-sócios

Entre na Loja virtual ACERVA e compre seu ingresso

 

IMPORTANTE: OS INGRESSOS COM VALOR PARA ASSOCIADO SÃO PARA USO EXCLUSIVO DOS ASSOCIADOS. NÃO É PERMITIDO QUE SEJA REPASSADO PARA NÃO ASSOCIADOS SEM AS DEVIDAS CORREÇÕES DE VALORES.

Carga horária: 07 horas.

Vagas Limitadas: 20 participantes.

Estão inclusos no valor da inscrição:

– Material didático

– Certificado de participação

Observação:

Para melhor rendimento em qualquer análise sensorial, evite alimentos agressivos ao paladar ou ao olfato, como café, pimenta, alho, álcool, bem como fazer uso de cigarro, perfumes, loções, colônias, cremes, pós-barbas, batons, etc.

Em função das características do kit utilizado, o número de vagas é limitado à 20 participantes.

 

PALESTRANTE:

Charles Ristow

Analista de Negócios/Sistemas – MBA em Gestão de Projetos

Tecnologia e Prática Cervejeira – SENAI/Vassouras

Sommelier de Cervejas – ICB ABS-SP

BJCP Certified Judge

Professor na ESCM

Sócio e cervejeiro da Cervejaria Belgard

 

Apoiohttp://cervejariabelgard.com.br/ e http://portal.sc.senac.br/

senac-sclogo_Belgard

ago
25

Finalistas Concurso ACERVA 2017

Esta é a relação dos finalistas do concurso estadual da ACERVA  de 2017.

Parabéns se voce está nesta lista. Mas o melhor pode estar por vir na festa de premiação no Catatarina Bier Festival em Laguna dia 30/9.

Aguarde que vamos passar tudo sobre esta super festa.

patrocinadores-concurso-2017-a

 

Grupo 1: Pilsen e Pale Lagers
Cervejeiro Nome Estilo
Andre Wiggers
Co-Cervejeiro: Julio Pelizzon; Heliara Costa
Wiggers Pils 5D: German Pils
Jackson Luiz Silva
Co-Cervejeiro: Carlos Alberto Stahelin, Sergio Araujo Stahelin
Munich Helles 4A: Munich Helles
James Jimenez German Pils 5D: German Pils
Jean Carlos Souza Biernuncia Pilsen 1B: American Lager
José Elói Werner Júnior Cambacica 3B: Czech Premium Pale Lager
Ricardo Winter Alzira Pilsen 1B: American Lager
Thiago Padilha
Co-Cervejeiro: Douglas Hardt
Frau Thiesen Lager Corcov 1B: American Lager

 

Grupo 2: Bock, Amber e Dark Lagers
Cervejeiro Nome Estilo
Alison Fernandes Gomes Amber Lager 2B: International Amber Lager
Cristiano Back Joaquina 7A: Vienna Lager
Gabriel Sanches
Co-Cervejeiro: Ricardo Schumacher
Dunkel G 8A: Munich Dunkel
Sergio Aliano Aliano Beer 7A: Vienna Lager
Thiago Struck DOPPELBOCK 9A: Doppelbock

 

Grupo 3: Pale Ales
Cervejeiro Nome Estilo
Cristiano Oliveira Santos Olivenbaum APA 18B: American Pale Ale
Douglas Merlo
Co-Cervejeiro: Daniel Dorigatti
Hop Stripper 18B: American Pale Ale
Israel Isoppo Coelho APA 18B: American Pale Ale
Jeferson Kuhnen KOLSCH – KUHNEN 5B: Kolsch
Leonardo Romeu SONORA HOP N ROLL 18B: American Pale Ale
Marcelo Gama
Co-Cervejeiro: Luciana Gama
GUAPA 18B: American Pale Ale
Ricardo Winter Alzira Apa 18B: American Pale Ale
Rudy Fávero Capitular American Pale Ale 18B: American Pale Ale
Thiago Struck AMERICAN PALE ALE 18B: American Pale Ale

 

Grupo 4: Belgian Leves/Claras
Cervejeiro Nome Estilo
Andre Wiggers
Co-Cervejeiro: Julio Pelizzon; Heliara Costa
Wiggers Trappist Single 26A: Trappist Single
Daniel Sachetti Ghislandi Piu Bella Abadia De Ardennes – Belgian Blond 25A: Belgian Blond Ale
Gustavo Loos Neto Belgian Pale Ale RustikaBier 24B: Belgian Pale Ale
Otavio Pereira Harmonica 25B: Saison
Rodolfo Schmitt
Co-Cervejeiro: Ricardo Simões Prado Júnior
Belgian Blond Ale 25A: Belgian Blond Ale
Vagner Toniasso Saison 25B: Saison
Vitor Ristow Plena Belgian Pale Ale 24B: Belgian Pale Ale

 

Grupo 5: Belgian Fortes/Escuras
Cervejeiro Nome Estilo
Adriano Butzke
Co-Cervejeiro: Osni Butzke
Belgian Dubbel Alles Bräu 26B: Belgian Dubbel
Carlos Alberto Pereira Junior Dubbel Do Carlão 26B: Belgian Dubbel
Carlos Alberto Pereira Junior Tripel Do Carlão 26C: Belgian Tripel
Eduardo Klitzke Dubbel Bruna, Double Trouble 26B: Belgian Dubbel
Haifang Nehls
Co-Cervejeiro: Alinor Nehls
Hinterhof Tripel 26C: Belgian Tripel
Joao Luiz Mendes Lima Moretto #14 26D: Belgian Dark Strong Ale
Murilo Dal Pont Savi
Co-Cervejeiro: Tiago Da Silva Vieira
Vitimus Belgian Dubbel 26B: Belgian Dubbel
Pedro Lima
Co-Cervejeiro: Lucas Crestani
Belgian Gordon Strong Ale 25C: Belgian Golden Strong Ale
Pedro Lima
Co-Cervejeiro: Lucas Crestani
Mrs 10% 26D: Belgian Dark Strong Ale
Sérgio Costa Vento Suli – Belgian Strong Golden Ale 25C: Belgian Golden Strong Ale

 

Grupo 6: IPAs
Cervejeiro Nome Estilo
Adriano Sachweh Disco Wit 21B6: White IPA
Gele A. Meurer MB American IPA 21A: American IPA
Guilheme De Oliveira Silva Blackneed Black Ipa 21B2: Black IPA
Guilherme Coelho Guilherme Coelho 12C: English IPA
Gustavo Nuernberg IPA 21A: American IPA
Gustavo Nuernberg BelgIPA 21B1: Belgian IPA
Leonardo Romeu SONORA FOXY IPA 21A: American IPA
Luciano Teixeira ATX 21A: American IPA
Maciel Verissimo
Co-Cervejeiro: Artilharia
Macica 21B5: Rye IPA
Maicon Clemens Silva English IPA 12C: English IPA
Marcelo Gama
Co-Cervejeiro: Luciana Gama
PRIMA 21B6: White IPA
Marcelo Gama
Co-Cervejeiro: Luciana Gama
TIPA 21A: American IPA
Ricardo Winter Alzira Ipa 21A: American IPA
Rudy Fávero Capitular Belgian IPA 21B1: Belgian IPA
Vitor Antonio Rosso Fabris
Co-Cervejeiro: Rodrigo Fabris
Last Drop Come First! 21B1: Belgian IPA

 

Grupo 7: Amber Ales
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Israel Isoppo Coelho Bitter 11C: Strong Bitter
Jeferson Kuhnen ALTBIER – KUHNEN 7B: Altbier
Maicon Clemens Silva Best Bitter 11B: Best Bitter

 

Grupo 8: Brown and Porters
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Albert Alexander Marquardt Albert 9C: Baltic Porter
Alison Fernandes Gomes American Porter 20A: American Porter
Eduardo Klitzke
Co-Cervejeiro: Gianclaudio Sperandio
Ancient Mariner 13C: English Porter
Israel Isoppo Coelho Brown Ale 13B: English Brown Ale
Marcelo Kindermann
Co-Cervejeiro: Diogo Da Rosa Zirke
Jaguaras Beer – English Brown Ale 13B: English Brown Ale
Rafael Medeiros
Co-Cervejeiro: Carina Dal Pizzol
Serena 20A: American Porter
Ricardo Pritsch Porter 13C: English Porter
Roger Rossato
Co-Cervejeiro: Alebasi
Alebasi American Brown Ale 19C: American Brown Ale
Savério Meris Júnior
Co-Cervejeiro: Edu E Carlos
Savério Meris Jr. 20A: American Porter

 

Grupo 9: Stouts
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Celso Ronaldo Tomaselli 8 Braços Imperial Stout 20C: Imperial Stout
Cesar Marcon Dandolini Danforst Imperial Stout 20C: Imperial Stout
Gean Carlo Vila Lobus Double Oatmeal Stout 16B: Oatmeal Stout
Guilherme Bernardi Little Nigga 20C: Imperial Stout
Gustavo Hallal Prata Dora Doida 16B: Oatmeal Stout
Jackson Luiz Silva
Co-Cervejeiro: Carlos Alberto Stahelin, Sergio Araujo Stahelin
Extra Stout 16D: Foreign Extra Stout
James Jimenez Imperial Stout 20C: Imperial Stout
Jeferson Kuhnen STOUT – KUHNEN 15B: Irish Stout
Jonne Sachetti OAtmeal Stout Chocolate 16B: Oatmeal Stout
Leonardo Mendes
Co-Cervejeiro: Léo GAMBIER
Léo GAMBIER 20B: American Stout
Rafael Prim
Co-Cervejeiro: Rodrigo Prim
Cafezinho 16B: Oatmeal Stout
Vitor Hugo Horn André Oatmama Coffee Stout 16B: Oatmeal Stout

 

Grupo 10: Strong Ales
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Jackson Luiz Silva
Co-Cervejeiro: Carlos Alberto Stahelin, Sergio Araujo Stahelin
Barley Wine 17D: English Barleywine
James Jimenez Uitiuáine 22D: Wheatwine

 

Grupo 11: Wheat Beers
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Alexandre Lamb WeizenDoppelBock 10C: Weizenbock
Jean Carlos Souza Biernuncia – Weiss 10A: Weissbier
Luciano Teixeira ATX 24A: Witbier
Sérgio Costa Vento Suli – Witbier 24A: Witbier
Vitor Antonio Rosso Fabris
Co-Cervejeiro: Rodrigo Fabris
Equilibrium 24A: Witbier
Vitor Hugo Horn André Wheat Me And Citra! 1D: American Wheat Beer

 

Grupo 12: Sour Ales
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Douglas Merlo
Co-Cervejeiro: Daniel Dorigatti
Funky Your Self 28C: Wild Specialty Beer
Gean Carlo Vila Lobus Adios, ENomel ! 23B: Flanders Red Ale
Pedro Lima
Co-Cervejeiro: Lucas Crestani
“Tem Bichinho Aí” 28A: Brett Beer
Pedro Lucas Alves Da Rocha Brett Berliner 28B: Mixed Fermentation Sour Beer
Vitor Hugo Horn André Gosezilla 27A1: Gose

 

Grupo 13: Catharina Sours
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Carina Dal Pizzol
Co-Cervejeiro: Rafael Medeiros
Elvira 35A: Catharina Sour
Daniel Dinslaken Catharina Guajava 35A: Catharina Sour
Edison Sanfelice Uberliner Rubus 35A: Catharina Sour
Felipe Marcon Coelho
Co-Cervejeiro: Pedro Rocha
TNT Sour 35A: Catharina Sour
Pedro Lucas Alves Da Rocha
Co-Cervejeiro: Felipe Coelho
Abaixa As Berga 35A: Catharina Sour
Rafael Medeiros
Co-Cervejeiro: Carina Dal Pizzol
Danadinha 35A: Catharina Sour

 

Grupo 14: Specialty
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Adriano Sachweh
Co-Cervejeiro: Murilo Dircksen
Pumpkin Russa 30B: Autumn Seasonal Beer
Daniel Dinslaken Brett Saison Jalamango 29B: Fruit and Spice Beer
Diego Weber Barleywine Gans Clone 30 29A: Fruit Beer
Edison Sanfelice Sled Ride 30C: Winter Seasonal Beer
Gianclaudio Sperandio
Co-Cervejeiro: Eduardo Klitzke
Pumpkin United 30B: Autumn Seasonal Beer
James Jimenez Chocolate Doppelbock 30A: Spice, Herb, or Vegetable Beer
José Marino Neto Frutas Brasileiras #5 29B: Fruit and Spice Beer
Lucas Ladwig
Co-Cervejeiro: Marcelo Guaragna
Can Can 30A: Spice, Herb, or Vegetable Beer
Pedro Lucas Alves Da Rocha Hibiscus APA 30A: Spice, Herb, or Vegetable Beer
Rafael Prim
Co-Cervejeiro: Rodrigo Prim
Café Com Acerola 29A: Fruit Beer
Rômulo Pereira Butia 34C: Experimental Beer
Tiago Piccinin AMORINHA DO MEU CORAÇÃO 29A: Fruit Beer

 

Grupo 15: Smoked and Wood
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Alison Fernandes Gomes Wood Aged Porter 33A: Wood-Aged Beer
Daniel Ferreira De Córdova Volans Rauchbier 6B: Rauchbier
Gabriel Sanches
Co-Cervejeiro: Ricardo Schumacher
Rauch R 6B: Rauchbier
Gustavo Hallal Prata Dora Doida 33A: Wood-Aged Beer
Maicon Clemens Silva Grodziskie 27A2: Piwo Grodziskie
Maicon Clemens Silva Tripel Wood Aged 33B: Specialty Wood-Aged Beer

 

Grupo 16: Sidras
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Daniel Sachetti Ghislandi Piu Bella Joaquina – Sidra De Maça C1A: New World Cider
Daniel Sachetti Ghislandi Piu Bella HopCider – Sidra Lupulada C2E: Cider with Herbs/Spices

 

Grupo 17: Hidromel
Cervejeiro Entry Nome Estilo
Daniel Dallagassa #SóVai – Magic Ride – The Hoppy Side Of The Moon M4C: Experimental Mead
Daniel Dallagassa #SóVai – Magic Ride – Citrus Empire M2E: Melomel
João Guilherme Bragaia Bouchet Sobremesa M1C: Sweet Mead
Luis Moraes Barril 01 M4C: Experimental Mead
Luis Moraes The Mighty Mo M3B: Spice, Herb, or Vegetable Mead
Wagner De Amorim
Co-Cervejeiro: Siliene Regina Ramos De Amorim
Wagner De Amorim M2E: Melomel

ago
16

Curso de Maltes – Joaçaba

Curso de Maltes

Objetivo do Curso:

O objetivo do curso é fornecer os conhecimentos necessários para que o cervejeiro caseiro possa fazer melhor uso dos inúmeros maltes disponíveis no mercado. Serão abordados temas pertinentes ao processo de produção dos diferentes tipos de maltes, produzidos não só a partir de grãos de cevada, mas de outros grãos comumente empregados no meio cervejeiro, além de outros nem tão usuais assim.
Os participantes aprenderão formas objetivas e subjetivas de avaliar os maltes para compor uma receita, além de diferentes técnicas de utilização de maltes e as consequências da utilização de maltes de baixa qualidade.
Metodologia:
Curso expositivo teórico e atividades práticas de avaliação e degustação de maltes.
Carga Horária:
7 horas (um dia inteiro, com pausa para almoço – incluso no valor da inscrição)
Data:
2/9/2017
Horário:
das 09:00 às 12:00hs e 13:00hs às 17:00 horas.
Local:
Espaço do Alemão – Rua Luis Spetch,  270 – Joaçaba

Valor:

R$ 50,00 para sócios e R$ 100,00 para não-sócios

Entre na Loja virtual ACERVA e compre seu ingresso

IMPORTANTE: OS INGRESSOS COM VALOR PARA ASSOCIADO SÃO PARA USO EXCLUSIVO DOS ASSOCIADOS. NÃO É PERMITIDO QUE SEJA REPASSADO PARA NÃO ASSOCIADOS SEM AS DEVIDAS CORREÇÕES DE VALORES.

Palestrante:

Marcos Odebrecht Jr.
Cervejeiro caseiro desde 2008 e voluntário da ACervA Catarinense a partir de 2009. Juiz BJCP de cervejas e hidromel com experiência em concursos de cerveja caseira no Brasil e no exterior. Em 2013 obteve o International Diploma in Brewing Technology no World Brewing Academy (Siebel Institute of Technology e Doemens Academy). Participou do CMBTC Malt Academy (Canadian Malting Barley Technical Centre) em 2015.
Possui experiência no ensino superior nas áreas de bebidas fermentadas e engenharia. Atualmente é o responsável pela Maltes Catarinense de Campos Novos, SC.

ago
16

Curso de Maltes – Joinville

Curso de Maltes

Objetivo do Curso:

O objetivo do curso é fornecer os conhecimentos necessários para que o cervejeiro caseiro possa fazer melhor uso dos inúmeros maltes disponíveis no mercado. Serão abordados temas pertinentes ao processo de produção dos diferentes tipos de maltes, produzidos não só a partir de grãos de cevada, mas de outros grãos comumente empregados no meio cervejeiro, além de outros nem tão usuais assim.
Os participantes aprenderão formas objetivas e subjetivas de avaliar os maltes para compor uma receita, além de diferentes técnicas de utilização de maltes e as consequências da utilização de maltes de baixa qualidade.
Metodologia:
Curso expositivo teórico e atividades práticas de avaliação e degustação de maltes.
Carga Horária:
7 horas (um dia inteiro, com pausa para almoço).
Data: 
26/8/2017
Horário:
das 09:00 às 12:00hs e 13:00hs às 17:00 horas.
Local:
SENAC CENTRO – Rua Visconde de Taunay, 730 – Joinville

Valor:

R$ 50,00 para sócios e R$ 100,00 para não-sócios

Entre na Loja virtual ACERVA e compre seu ingresso

IMPORTANTE: OS INGRESSOS COM VALOR PARA ASSOCIADO SÃO PARA USO EXCLUSIVO DOS ASSOCIADOS. NÃO É PERMITIDO QUE SEJA REPASSADO PARA NÃO ASSOCIADOS SEM AS DEVIDAS CORREÇÕES DE VALORES.

Palestrante:

Marcos Odebrecht Jr.
Cervejeiro caseiro desde 2008 e voluntário da ACervA Catarinense a partir de 2009. Juiz BJCP de cervejas e hidromel com experiência em concursos de cerveja caseira no Brasil e no exterior. Em 2013 obteve o International Diploma in Brewing Technology no World Brewing Academy (Siebel Institute of Technology e Doemens Academy). Participou do CMBTC Malt Academy (Canadian Malting Barley Technical Centre) em 2015.
Possui experiência no ensino superior nas áreas de bebidas fermentadas e engenharia. Atualmente é o responsável pela Maltes Catarinense de Campos Novos, SC.

ago
14

Curso Lúpulo – Criciúma

O curso aborda de maneira objetiva os temas ligados a essa maravilhosa planta que tempera nossas cervejas.
Ministrado pelo renomado cervejeiro Leo Sewald.

O curso terá partes teóricas e práticas sobre como para utilizar o lúpulo na cerveja e como melhorar suas receitas mais lupuladas.

Ementa do curso:

– Sobre o lúpulo
– Botânica, cultivo e componentes
– Formatos e classificações
– Amargor e conservação
– IBUs
– Degradação e conservação
– Perfil sensorial
– Flavors e off-flavors
– Aromas e óleos essenciais
– Técnicas e dicas de lupulagem
– Ajustando sua receita de IPA

Local: Plurall Coworking – Av. Santos Dumont, 1665 – São Luís, Criciúma – SC

Data: 19/08/2017
Horário: das 13:00hs às 18:30hs.

Valor: R$ 50,00 para sócios e R$ 100,00 para não-sócios

Entre na Loja virtual ACERVA e compre seu ingresso

IMPORTANTE: OS INGRESSOS COM VALOR PARA ASSOCIADO SÃO PARA USO EXCLUSIVO DOS ASSOCIADOS. NÃO É PERMITIDO QUE SEJA REPASSADO PARA NÃO ASSOCIADOS SEM AS DEVIDAS CORREÇÕES DE VALORES.

Vagas Limitadas.

Palestrante:
LEO SEWALD: sócio-proprietário da Cervejaria Seasons, cervejaria natural de Porto Alegre/RS conhecida por fabricar, dentre outras cervejas, as premiadas Green Cow IPA, Cirilo Coffee Stout e Wallace Amber Ale.
Cervejeiro formado pelo Siebel Institute of Technology de Chicago/EUA, também é consultor de mercado para novos negócios, membro da Brewers Association, ASBC – American Society of Brewing Chemists e MBAA – Master Brewers Association of Americas.
Sócio-fundador da ACerva Gaúcha, homebrewer por mais de 10 anos, é um ativista do meio cervejeiro, promovendo eventos, cursos e palestras em prol da disseminação da cultura das boas cervejas.

ago
04

Palestra com Gordon Strong do BJCP – Florianópolis

Uma palestra com Gordon Strong do BJCP.

Isso mesmo.Gordon Strong vem a Florianópolis a convite da ACERVA Catarinense para participar do VI Concurso Estadual de Cerveja Caseira da ACERVA e vai nos presentear com uma palestra especial.

Gordon Strong é um cervejeiro caseiro premiado, juíz BJCP e escritor. Ele é o único tri-campeão do  cobiçado Ninkasi Award. Ele é presidente do Beer Judge Certification Program (BJCP) e foi o principal author do atual guia de estilos BJCP. Gordon trabalha para Zymurgy Magazine e BYO Magazine. Ele é autor do Brewing Better Beer and Modern Homebrew Recipes.

Sobre a Palestra: 

Aprenda métodos práticos para avaliar o aroma e o sabor da sua cerveja, exercícios para desenvolver seu paladar e as técnicas que os juízes de cerveja usam para avaliar a cerveja em competições amadoras e profissionais. Aprenda o processo de degustação estruturado, como ler e aplicar orientações de estilo, e como avaliar cerveja por falhas técnicas e de estilo. Compreender como os outros vêem sua cerveja e como isso irá ajudá-lo a melhorar.

Local:

Auditório da ACATE – Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia

Rodovia SC-401, Km 04, s/n – Saco Grande, Florianópolis – SC – Junto ao Primavera Garden.

Programação: 18/8/2017

19hs – Aquecimento no On Bier no pátio da ACATE junto ao estacionamento

20hs – Palestra com Gordon Strong

21hs – Confraternização no On Bier

Como participar:

Esta palestra é exclusiva e gratuita para associados da ACERVA Catarinense.

Basta se inscrever na loja virtual da ACERVA. 

Vagas limitas a 80 participantes. Então só se inscreva se realmente for participar.

Apoio:

 WhatsApp Image 2017-08-04 at 18.02.28
André Comarú
Diretor-Presidente
ACervA Catarinense

ago
01

Curso de Análise Sensorial Básico – Florianópolis

Curso de Análise Sensorial Básico

Objetivo do curso

O objetivo do curso é que o participante aprenda a reconhecer determinados aromas na cerveja, identificando sua origem e, assim, a causa dos defeitos porventura encontrados em suas produções. Outrossim, compreender as origens dos aromas e sabores agradáveis que espera encontrar em seu produto final. Além é claro de propiciar ao participante um embasamento teórico de como melhorar a qualidade de suas cervejas

O que é análise sensorial?

Análise sensorial é definida como “ciência usada para evocar (provocar), medir, analisar e interpretar reações às características dos alimentos e materiais como são percebidas pelos cinco sentidos: visão, olfato, gosto, tato e audição”. A avaliação sensorial é praticada diariamente, a cada vez que apreciamos algum alimento ou bebida, ou mesmo quando os estamos preparando. A análise sensorial, contudo, executada de maneira criteriosa e sistematizada, é um mecanismo valiosíssimo para verificar a qualidade do alimento ou bebida avaliado, buscando interpretar suas características positivas e seus defeitos. Quem pode fazer este curso? Como o curso é voltado à percepção de aromas em cervejas, visando à melhoria do processo, cervejeiros colherão mais benefícios, mas nada impede que os demais apreciadores da bebida tenham estes conhecimentos.

O curso irá contar com 21 parâmetros a serem analisados:

1 – Alcalino
2 – Diacetil-1 (Butanodiona)
3 – DMS
4 – Metálico
5 – Acetaldeido
6 – Acetato de Etila
7 – Adstringente
8 – Acético
9 – Azedo
10 – Sulfítico

Programação

Data:

12 de Agosto de 2017.

Local:

Faculdade SENAC Florianópolis  – Rua Silva Jardim ,360 – Prainha – Florianópolis – SC

Horário:

14hs às 18hs

Carga Horária:

4 horas

Valor do Curso

Sócio ACERVA : R$ 50,00

PARA O SÓCIO QUE COMPRAR O Workshop – BJCP, Degustação e Avaliação de Cervejas PAGARÁ R$ 30,00 neste de Análise Sensorial.

Basta usar o cupom de desconto COMBO-BJCP-AS na hora da compra na loja.

NÃO Sócio ACERVA: R$ 100,00

IMPORTANTE: OS INGRESSOS COM VALOR PARA ASSOCIADO SÃO PARA USO EXCLUSIVO DOS ASSOCIADOS. NÃO É PERMITIDO QUE SEJA REPASSADO PARA NÃO ASSOCIADOS SEM AS DEVIDAS CORREÇÕES DE VALORES.

Para comprar visite nossa Loja Virtual ACERVA

Observação:

Para melhor rendimento em qualquer análise sensorial, evite alimentos agressivos ao paladar ou ao olfato, como café, pimenta, alho, álcool, bem como fazer uso de cigarro, perfumes, loções, colônias, cremes, pós-barbas, batons, etc.

Em função das características do kit utilizado, o número de vagas é limitado à 20 participantes.

O curso apresenta teoria e prática sobre o que é análise sensorial, controle de qualidade, testes e estatística.

São realizados vários exercícios que permitem identificar off-flavours, on-flavours e taints através da perpeção dos sentidos e gostos básicos.

Finalmente é abordada uma revisão teórica com foco nos fatores importantes no processo de produção.

Curso indicado para quem deseja reconhecer aromas em cervejas, visando à melhoria do processo ou mesmo aprimorar habilidades de degustação.

Palestrante:

Fábio Koerich Ramos, cervejeiro caseiro desde 2008, Sommelier de Cerveja pela Associação Brasileira de Sommeliers e Juiz BJCP

Apoio:

senac-sc

Posts mais antigos «

» Posts mais novos